Hoje na Terra não tem tempo.
É o dia das mães.
Elas não tem nacionalidade, estão no universo.
Elas são a poção de amor que cada um carrega dentro de si.
Por isso, resolvi oferecer esta carta de dia das mães, para todos que me lêem.
Todas as minhas amigas e dindinhas do coração.
Como não existe tempo, publico esta carta que recebí no dia das mães de 1994, do Vicente, meu marido.


Feliz dia das Mães!


Hoje Estou de Bolsos Vazios


Hoje no dia das mães estou com os bolsos vazios,
porém com o coração cheio de amor.


Amor por ti, pessoa maravilhosa que cruzou no meu caminho na hora mais inesperada e com um sorriso conquistou o meu coração.
Isso foi há muitos e muitos anos atrás, quando nossos corações, ou seja, o meu coração não entendia muito bem o magnetismo de um amor repleto de cumplicidade e amizade.
Nos unimos perante as leis cósmicas e logo logo nasceu o maior presente que uma mulher pode dar para um homem...” Uma menina de olhos querendo ver o mundo chamada Sybil.

No principio, no meu clamor de juventude, não entendi muito bem. Não sabia se era uma criança ou uma linda boneca.

E era uma linda criança que era uma boneca.

Foi o maior presente que já me deram em toda a minha vida.

Não sei como, nem porque nossa estrada sempre foi a mesma. Com idas e vindas, pedras e flores, junto a essa menina chamada Sybil.

Muito obrigado, pois além de seres a mãe dela, tu és a mulher mais maravilhosa que eu conhecí.

Tu és uma mulher coração, uma mulher vitoriosa, pois foste além das próprias limitações que a vida te impôs.
No teu dia eu ainda estou de bolso vazio, porém em simples palavras tenho que dizer muito obrigado pela mãe que tu és, pela mulher, pela amiga, pela cúmplice que eu tenho nessa estrada ainda de pedras e flores, mais flores do que pedras.

Mais uma vez obrigado por seres quem tu és, pelo coração que tens, pela beleza que tu emanas, por tua sabedoria que brilha, pela mãe de uma menina chamada Sybil.









This entry was posted on 01:00 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

8 comentários:

    Anônimo disse...

    Um presente lindo vindo de uma alma pura e transparente, parabéns!

    Rosangela Maria Ayres

  1. ... on 7 de maio de 2010 11:22  
  2. Anônimo disse...

    Lindooooooooo!!!!
    Eleonora Jung

  3. ... on 7 de maio de 2010 13:48  
  4. Anônimo disse...

    Mãe, que emoção, como é bom amar e ser amada por seres iluminados assim... Te amo de todo meu coração e sempre te amarei. Chorei muito quando li este cartão de dia das mães que o pai te deu. Tu mereces todo amor que houver nesta vida. Muito orgulho do teu blog também. Beijos Sybil

  5. ... on 7 de maio de 2010 16:18  
  6. Anônimo disse...

    Karen Testa lindoooooooooooooooooooo!

  7. ... on 8 de maio de 2010 11:46  
  8. Anônimo disse...

    ACABEI DE LER A CARTA MARAVILHOSA DO VIVI.
    NAO DUVIDEI EM NENHUM MOMENTO DO INFINITO
    AMOR QUE ELE TEVE POR TI!.ERA UMA PERSOA RICA
    DE SENSIBILIDADE E INTELIGENçA, E NESTA CARTA
    DEMONSTROU ISTO COM GRANDE FORçA.
    SERA SEMPRE NO NOSSO CORAçAO!.
    BJS BJS SOSSO.

  9. ... on 8 de maio de 2010 18:07  
  10. Anônimo disse...

    Nara Lisboa que lindo Martha! beijos minha amiga querida!

  11. ... on 9 de maio de 2010 16:00  
  12. Marta Schönfeld disse...

    Guita Braude Martinha a vida tem isso gratidão e não há nada que se possa comparar quando um filh@ é grato e tr ama.Feliz dia a todas as Mães e a ti, bjs♡♡

  13. ... on 8 de maio de 2014 21:30  
  14. SIMPLE LIFE disse...

    QUE LINDO MAMA! TU ES A MULHER MAIS ESPECIAL QUE EU JA CONHECI E A MELHOR MAE QUE EU TENHO ;)

  15. ... on 12 de maio de 2014 18:26